Clínica Masculina

Como o próprio nome já diz esse espaço disponibiliza tratamentos específicos para dependentes do sexo masculino. Na clínica de reabilitação masculina o paciente terá apenas contato com pessoas do mesmo sexo que ele e que passam pelas mesmas vivências no que diz respeito à utilização de drogas e que lutam contra o vício. Em muitos casos eles convivem em muitos ambientes, realizando também atividades de tratamento, gerando desta forma, uma conexão e rede de apoio com os que passam por condições parecidas.

Existem variadas formas de tratamentos e técnicas utilizadas que são usados de acordo com o vício que é enfrentado por cada um. Cada dependente químico possui seu nível de gravidade e suas particularidades. Esses fatores variam de acordo com diversos aspectos relacionados como: o tipo de droga, o tempo da utilização, idade e histórico do paciente, assim como outros fatores.

Contudo, não existem possibilidades mais eficazes e confiáveis para tirar uma pessoa da dependência do que com uma equipe especializada, em um ambiente ideal para esse tipo de tratamento. Como a dependência química é uma doença, ela precisa ser tratada em um ambiente que conta com uma equipe multiprofissional.

Uma clínica de recuperação masculina sempre conta com profissionais especializados e qualificados para realizarem um bom diagnóstico e assim identificar qual a forma de tratamento adequado para cada um.

Portanto, uma clínica de recuperação masculina é uma possível alternativa segura e eficaz para tratar e salvar a vida de uma pessoa com dependência química. A total recuperação da pessoa é uma real possibilidade em todos os casos, graças às modernas formas de tratamento e equipe especializada dos espaços. Deve-se sempre lembrar que uma clínica de reabilitação é um espaço para fazer o tratamento e reinserir essas pessoas a sociedade, e jamais pode ser vista como um lugar para manter o dependente isolado.

Menor de 18 anos pode ser internado em uma clínica para dependentes químicos?

Uma resolução publicada no Diário Oficial da União em julho de 2020, por meio do Ministério da Justiça e Segurança Pública e Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas (Conad), permite a internação de menores a partir de 12 anos de idade.

Portanto, adolescentes adictos poderão ser levados a uma clínica de recuperação, desde que de forma voluntária.

A resolução entra em vigor em julho de 2021.

No Grupo, é possível fazer a internação de menor a partir de 16 anos, desde que ele possua emancipação judicial.

Internação em Clínicas para Crianças e Adolescentes

Prestar atendimento a crianças, adolescentes, com o quadro de dependência em substâncias psicoativa e comorbidades, que necessitem de ambiente protegido, organizado. A fim de auxiliá-los na ressignificação do estilo de vida, valores éticos e morais. Além do desenvolvimento de autonomia, saúde física, saúde emocional, motivação para hábitos saudáveis e produtivos, em uma vida sóbria, resgatando assim, o autocontrole necessário para o retorno a sociedade.

Para as internações compulsórias, será realizado relatório informativo ao Ministério Público, a fim de colaborar com o processo e cientificá-los sobre o momento do acolhido (a).

O adolescente tem o direito de continuar os estudos, assim as unidades que acolhem um adolescente têm um profissional Psicopedagoga que terá um acompanhamento com a escola que o menor de idade estará matriculado em sua cidade de origem.

Clinicas Reset Prime
(12) 3424-3380
contato@clinicasresetprime.com.br